Descrição do projecto

“Um software de RH flexível e fiável que há muitos anos nos acompanha.Na sua evolução tem mantido e potenciado a capacidade de responder às nossas necessidades e a flexibilidade de se ajustar às situações mais específicas de cada momento.
A materialização destas virtudes tem sido sempre acompanhada com a manutenção de um excelente relacionamento e competência da equipa da uMan.”

Rui Brito, Diretor Administrativo e Financeiro

A Companhia das Lezírias é a maior exploração agro-pecuária e florestal existente em Portugal, compreendendo a Lezíria de Vila Franca de Xira, a Charneca do Infantado, o Catapereiro e os Pauis (Magos, Belmonte e Lavouras).
A Lezíria está compreendida entre os rios Tejo e Sorraia e é dividida pela Recta do Cabo, em Lezíria Norte e Lezíria Sul.
A Lezíria Norte é constituída por cerca de 1.300 hectares explorados indirectamente (rendeiros).
Quanto à Lezíria Sul, ocupa perto de 5.000 hectares, dos quais cerca de 2600 ha estão arrendados e 2.200 ha são explorados directamente pela CL, sendo quase 1900 ha para pastagens e cerca de 320 ha de arroz.
O arroz cultiva-se igualmente nos Pauis de Magos, Belmonte e Lavouras, mas só este último, com uma área de 240 ha, é explorado diretamente. No total, a área destinada ao cultivo de arroz em solo da CL ronda os 1500 ha.
No que diz respeito a exploração direta, a Companhia faz ainda, em Catapereiro, uma média de 250 ha de milho (sob pivot), 140 ha de vinha e 70 ha de olival, e 3050 ha de prados permanentes biodiversos, na Charneca. A Charneca do Infantado e os Pauis perfazem uma área de cerca de 11.500 hectares.

Website

Voltar